Caixa Econômica Federal encerra o pagamento do abono salarial no dia 30 de junho

Caixa Econômica Federal encerra o pagamento do abono salarial no dia 30 de junho
Imagem de arquivo RBATV

No calendário do abono salarial 2020-2021, a Caixa já pagou R$ 17 bilhões para 22 milhões de trabalhadores, dos quais 6,3 milhões receberam em conta Poupança Social Digital, aberta sem custo para o beneficiário.

Os valores do pagamento do abono salarial, que tradicionalmente eram liberados no período de julho a junho do ano seguinte, passarão a ser pagos de janeiro a dezembro de cada exercício, com base nas informações prestadas pelos empregadores no ano anterior. Com essa alteração, o calendário 2022, ano-base 2020, terá início previsto para janeiro de 2022.

A Caixa Econômica Federal encerra o pagamento do abono salarial do calendário 2020-2021, ano-base 2019, no dia 30 de junho. Caso não saquem o benefício no período, os trabalhadores terão nova oportunidade de saque a partir do próximo calendário do abono salarial. No Pará, 467.483 trabalhadores têm direito a receber o benefício. Até agora, 458.359 pessoas receberam e outras 9.124 ainda não sacaram o abono.

Para ter direito ao abono salarial, o trabalhador precisa estar cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos, ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano-base, ter exercido atividade remunerada para pessoa jurídica, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração e ter seus dados informados pelo empregador corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (Rais)/eSocial.

Fonte: DOL

Close Menu