Arthur Martins, atleta de Parauapebas, é aprovado na base do Grêmio de Porto Alegre

Arthur Martins, atleta de Parauapebas, é aprovado na base do Grêmio de Porto Alegre

O sonho da maioria dos garotos do Brasil é de se tornar jogador de futebol. Para o pequeno Arthur Martins, de 12 anos, natural da cidade de Parauapebas, esse sonho começou a se tornar realidade. É que a jovem promessa do município foi até o Rio Grande do Sul no final do mês de junho, fazer uma avaliação no tradicional Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense, quando, no último dia 2 de julho, recebeu a notícia da sua aprovação no Tricolor Gaúcho.

“Ele iniciou conosco aos sete anos de idade, treinando comigo na época, e com o meu irmão Alexandre Luiz. Começou como atacante e depois fomos adaptando em outras posições, vendo onde que a característica de jogo dele se encaixava melhor. Aos nove anos foi fazer sua primeira avaliação no Grêmio. Na época, não passou de primeira – ficou em monitoramento, sendo observado de longe, tendo que voltar a Porto Alegre de ano em ano,” afirmou Alex Santiago, professor de Arthur Martins.

A escolinha em que Arthur treinava chamava-se Academia de Futebol do Flamengo, quando passou por uma mudança com o foco de revelar novos talentos para o esporte e surgiu o Pará Futebol Clube, a chamada Toca da Onça, localizada na PA-160, que através do presidente e dono do clube, Jildenê Cunha, passou a investir nas categorias de base. Com isso, os contatos foram surgindo e foi quando o professor Alex Santiago conheceu um observador do Grêmio, Raydvaldo Alcântara, que comanda um núcleo gremista em Imperatriz (MA).

“Ele pediu para não levar o Arthur de ano em ano ao Grêmio e trabalhar mais ele, para esperar o momento certo quando ele estaria no nível de ir e não voltar mais. Intensificamos o trabalho e ficou para voltar agora no ano de 2021. Seria para ser em março, mas com a pandemia em alta, foi adiada para o dia 27 de junho a nossa ida a Porto Alegre. Ele se apresentou no dia 28 de junho, ficou uma semana em avaliação, e no dia 2 de julho recebeu a notícia que foi aprovado,” disse o professor.

A partir de agora, Arthur vai morar em Porto Alegre com uma tia, que vai cuidar do atleta no Rio Grande do Sul. Seus pais foram fundamentais na conquista do garoto, dando apoio incondicional até o fim da avaliação. Ambos vão continuar na cidade de Parauapebas até encerrarem uma jornada de trabalho, e em 2022, devem mudar para capital gaúcha para estar junto com o filho. O atleta agradece a oportunidade de atuar em um grande clube do futebol brasileiro.

“Quero primeiramente agradecer a Deus, porque graças a ele, estou no Grêmio, e muito feliz de estar aqui. Quero agradecer ao Pará Futebol Clube por tudo que ele me fez, e ao professor Alex Santiago, por todo o trabalho comigo, que me ajudou a estar aqui agora no Grêmio. Eu tenho só que agradecer a Deus e treinar para evoluir mais,” declarou Arthur Martins, novo volante da base do Grêmio.

Por Fábio Relvas

Close Menu